Duração

Olá amigos hoje vamos falar de mais uma propriedade do som que é a Duração

Duração é o tempo em que se prolonga o som que estamos ouvindo.

Exemplo: eu toco no piano uma nota “dó” e fico segurando a tecla por 4 tempos ou 8 tempos, será uma nota longa; posso segurar a tecla do piano na nota” dó” apenas 2 tempos, ficará mais curta que a primeira que toquei e assim essas durações diferentes de cada nota dentro de uma pulsação vão determinar, o ritmo da frase musical a ser cantada.

Na partitura para se determinar quanto tempo prolongo cada nota existem as “figuras de notas” e “pausas” e também a indicação da fórmula de compasso, para que possamos saber com exatidão as durações. Quando começamos a estudar solfejo cantado antes de inicicar a leitura com as alturas de notas, trabalhamos a leitura das figuras e pausas, há vários livros sobre o assunto mas vamos sugerir hoje o Pozzoli.

Então toda a nota que ouvimos, tem uma altura determinada, um timbre, uma intensidade, andamento e uma duração! Vamos pensar bastante nisso e alunos vamos conversar em aula sobre!

Hoje completamos as Propriedades do som. Vamos abrir para questões, e ainda no mês de outubro vamos dar continuidade ao estudo das teorias elementares da Música!

Boa tarde a todos amigos e alunos

até já

 

 


ANDAMENTO

Vamos mostrar um exemplo de mudança de andamento durante uma canção:

Abaixo segue o link do Prelúdio número 03 de Heitor Villa Lobos, executada pela jovem musicista Alexandra Whitingham,

também segue a partitura da música para vizualização dessa mudança que acontece por volta do compasso vinte, início da segunda página e nesta partitura também vamos notar os adjetivos que mencionamos no post 01, que expressam as nuances

do andamento, ajudando bastante a interpretação dessa música tão especial e brasileira adorada por pessoas de todo o mundo!

 

IMG_20190327_182126IMG_20190327_183602


Andamento

Andamento

Uma das propriedades do som é o andamento, todo o som que escutamos tem uma velocidade determinada. Uma mesma canção poderá ser cantada ou tocada em várias velocidades, desde que se mantenha a relação proporcional de duração entre as notas.

Na música popular como vimos nos exemplos do post 01, o andamento vem determinado, mas poderá ser modificado pelo arranjador ou maestro, para mudar a  interpretação de determinada canção. Devemos estar atentos ao determinar o novo andamento pois ele interferi na forma de emissão dos sons, na dicção das palavras e na respiração.

Exemplo: o chorinho geralmente é cantado em velocidade bem rápida mas devemos ficar atentos para não se perder o entendimento da letra da música. Se numa música romântica, por exemplo, o andamento for lento demais pode dificultar bastante a respiração durante o canto. Portanto a escolha do andamento ideal é de extrema importância para a boa execução do arranjo.

Como vimos no primeiro post, existem os termos usados para determinar o andamento, mas na música popular muitas vezes

no início da canção vemos escrito o termo  Bpm  que significa batidas por minuto e ao lado o número de batidas exato. Exemplo (Bpm-150),  neste caso você sabe precisamente a velocidade pedida, mas quando os termos vem escrito em  italiano há uma tabela de equivalência que vamos conhecer abaixo:

Termos Andamentos lentos equivalem a velocidade ( de 40 a 72)

Grave(40) – muito devagar, sério , pesado

Largo(44-88)-muito vagaroso

Lento(50-54)- devagar

Adagio(54-58)-vagaroso, calmo

Larghetto(60-63) – menos lento que largo

Lentíssimo, Adagíssimo,Larghíssimo- o mais devagar possível

Termos Andamentos médios equivalem a velocidade (de 72 a 120)

Andante(63-72)- andamento pausado, passeio

Andantino(69-80)-mais rápido que andante

Sostenuto(76-84); Commodo(80);Maestoso(84-88); Moderato(88-92)- moderadamente

Allegretto(104-108)-razoavelmente depressa

Animato(120); Con Moto(120)- depressa

Termos Andamentos rápidos equivalem a velocidade (de 120 a 208)

Allegro(132) rápido mas não necessariamente alegre

Vivace ou Vivo(160)- vivo, ligeiro

Presto(184) – veloz

Prestíssimo(208)- rapidíssimo

Alegríssimo, Vivacissimo- o mais depressa possível

A equivalência entre os andamentos expressos por palavras e a indicação metronômica varia muito conforme o compositor, a sua época e o estilo de música que toca.