ANDAMENTO

Vamos mostrar um exemplo de mudança de andamento durante uma canção:

Abaixo segue o link do Prelúdio número 03 de Heitor Villa Lobos, executada pela jovem musicista Alexandra Whitingham,

também segue a partitura da música para vizualização dessa mudança que acontece por volta do compasso vinte, início da segunda página e nesta partitura também vamos notar os adjetivos que mencionamos no post 01, que expressam as nuances

do andamento, ajudando bastante a interpretação dessa música tão especial e brasileira adorada por pessoas de todo o mundo!

 

IMG_20190327_182126IMG_20190327_183602


Andamento

Andamento

Uma das propriedades do som é o andamento, todo o som que escutamos tem uma velocidade determinada. Uma mesma canção poderá ser cantada ou tocada em várias velocidades, desde que se mantenha a relação proporcional de duração entre as notas.

Na música popular como vimos nos exemplos do post 01, o andamento vem determinado, mas poderá ser modificado pelo arranjador ou maestro, para mudar a  interpretação de determinada canção. Devemos estar atentos ao determinar o novo andamento pois ele interferi na forma de emissão dos sons, na dicção das palavras e na respiração.

Exemplo: o chorinho geralmente é cantado em velocidade bem rápida mas devemos ficar atentos para não se perder o entendimento da letra da música. Se numa música romântica, por exemplo, o andamento for lento demais pode dificultar bastante a respiração durante o canto. Portanto a escolha do andamento ideal é de extrema importância para a boa execução do arranjo.

Como vimos no primeiro post, existem os termos usados para determinar o andamento, mas na música popular muitas vezes

no início da canção vemos escrito o termo  Bpm  que significa batidas por minuto e ao lado o número de batidas exato. Exemplo (Bpm-150),  neste caso você sabe precisamente a velocidade pedida, mas quando os termos vem escrito em  italiano há uma tabela de equivalência que vamos conhecer abaixo:

Termos Andamentos lentos equivalem a velocidade ( de 40 a 72)

Grave(40) – muito devagar, sério , pesado

Largo(44-88)-muito vagaroso

Lento(50-54)- devagar

Adagio(54-58)-vagaroso, calmo

Larghetto(60-63) – menos lento que largo

Lentíssimo, Adagíssimo,Larghíssimo- o mais devagar possível

Termos Andamentos médios equivalem a velocidade (de 72 a 120)

Andante(63-72)- andamento pausado, passeio

Andantino(69-80)-mais rápido que andante

Sostenuto(76-84); Commodo(80);Maestoso(84-88); Moderato(88-92)- moderadamente

Allegretto(104-108)-razoavelmente depressa

Animato(120); Con Moto(120)- depressa

Termos Andamentos rápidos equivalem a velocidade (de 120 a 208)

Allegro(132) rápido mas não necessariamente alegre

Vivace ou Vivo(160)- vivo, ligeiro

Presto(184) – veloz

Prestíssimo(208)- rapidíssimo

Alegríssimo, Vivacissimo- o mais depressa possível

A equivalência entre os andamentos expressos por palavras e a indicação metronômica varia muito conforme o compositor, a sua época e o estilo de música que toca.


Andamento

PHOTO-2019-02-21-18-00-20Andamento! O andamento é a indicação da velocidade que se imprime à execução de um trecho musical segundo Bohumil Med!!
O andamento é indicado no início da canção com termos italianos, (Allegro, Andanante, etc) ou sinais metronômicos. Veja os dois exemplos abaixo.PHOTO-2019-02-21-18-00-48

O metrônomo é um aparelho de relojoaria serve para marcar o andamento pedido, marcando regularmente a duração dos tempos. Exemplo quando a semínima é igual a 100, significa que o metrônomo vai bater cem vezes por minuto

O metrônomo foi criado por Sauer ou Winkel por volta de 1816. O primeiro compositor a usar indicações metronômicas foi Beethoven, o compositor Chopin impunha a seus alunos o uso desse aparelho, atualmente o controle da precisão ritmica através do uso do metrônomo é indispensável.

Os termos italianos dividem-se em lentos, médios e rápidos, mas tais termos também são escritos nas linguas dos compositores. Exemplo : Italiano- largo,  Francês- trés lent, Inglês- very slow,etc

Há adjetivos que expressam as nuances do andamento. Exemplo assai – muito bastante

più- mais,etc

Numa mesma música pode haver mudança no andamento, neste caso as modificações momentâneas no andamento original são indicadas no decorrer do trecho musical, com termos como , Exemplo: Accellerando, Affetando, pìu vivo- cada vez mais rápido, etc.  Para Retardar o andamento palavras como ,Exemplo Ritardando, Allargando,etc… e para voltar ao andamento original, Exemplo: A tempo

Quando o andamento é suspenso temos o Ad libitum (ad lib.) então a interpretação fica livre, sem compasso e sem tempo.


O Grande Intérprete Jamelão!!! Salve Estação Primeira de Mangueira!!!

Falando de grandes intérpretes não poderíamos deixar de homenagear uma das maiores vozes de todos os tempos o inesquecível Jamelão!! que timbre e que swing, não tem como não se contagiar!!
https://www.youtube.com/watch?v=qT8dQHoB7EA

foto jamelão 05

O grande intéprete Jamelão na música Molambo de Jayme Florence e Augusto Mesquita, que versatilidade, que bom gosto e emoção em cada nota!

https://www.youtube.com/watch…foto jamelão 06

Jamelão/Lupicínio Rodrigues e Orquestra!!!
Nervos de aço!
https://uk.video.search.yahoo.com/search/video…foto jamelão 04 foto jamelao 03

Canta Jamelão pra gente!!
https://www.youtube.com/watch?v=boeJ2MDVlhA
Já raiou a liberdade!!


Dra Thays Vaiano e o Projeto Atletas da Voz

Todas as vozes dos cantores que levam emoção para os bailes, para as avenidas já estão aquecendo os motores!!
Mas esse trabalho vocal começa bem antes do carnaval é o que nos conta, dentre outras coisas
Dra. Thays Vaiano fonoaudióloga

“Este projeto com intérpretes de samba-enredo nasceu com a finalidade de levar mais qualidade de vida e voz para cantores das escolas de samba.

Quem vê um cantor de escola de samba esbanjando alegria na avenida, não imagina a verdadeira maratona física e vocal imposta a esses artistas.

A rotina dos cantores de escola de samba envolve ensaios, shows, participação em programas de rádio e televisão, gravações e horas e mais horas de ensaios na quadra e nas ruas. Esses ensaios, na maior parte das vezes, acontecem em ambientes com condições acústicas desfavoráveis, interferindo em sua saúde vocal e auditiva dos cantores. Em meio a mais de 100 ritmistas da bateria, muitos locais não possuem retorno adequado para as vozes e não é raro encontrar pessoas roucas pelas quadras das escolas de samba após os ensaios.

Ao longo de 10 anos trabalhando com esse público especifico, percebi que a demanda vocal nos períodos de dezembro a fevereiro quase triplica e isso exige um preparo. Se pensarmos em um maratonista, não adianta começar os treinos para a prova um mês antes, é preciso uma preparação, um condicionamento que leva quase o ano todo. Passamos a fazer isso com os cantores de carnaval, um acompanhamento e treino de condicionamento vocal ao longo do ano para que suas vozes estivessem prontas para a maratona do carnaval.

Nos últimos anos a saúde, a consciência e a resistência vocal desses cantores melhorou muito. As emergências vocais na semana do carnaval são cada vez mais raras, assim como as lesões. Eles continuam cantando em forte intensidade, tons altos e ritmo cada vez mais acelerado, mas essa é uma exigência do samba-enredo e percebo que ter adequado o treinamento à demanda deles fez com que a adesão aos exercícios fizesse sentido.

O nome atribuído ao treinamento, ATLETAS DA VOZ, faz com que eles entendam que além de talento, existem músculos envolvidos no canto que podem e DEVEM ser exercitados e condicionados para que suas vozes possam ecoar e levar alegria para o povo na maior festa popular do planeta”.
Foto- Dra Thays,Celsinho Mody,Léo Reis e Dra Flavia Badaro.beed6be6-7155-4966-9af3-d359d24635ee


Sérgio Arnone na Percussão!

 

O percussionista Sérgio Arnone (Neco) foi recebido no Vox Music Studio!

Você sabia que os instrumentos de percussão são os mais antigos que existem? E pela sua forma de produção sonora característica, o som possui um ataque de curta duração. É impressionante como o som vai quase que imediatamente do silêncio à sua intensidade máxima e sofre um decaimento também curto.

Vale a pena conhecer o trabalho deste incrível artista em um destes instrumentos tão antigos e tão fortes também. Veja aqui o vídeo de Sérgio na percussão no canal do Vox no Youtube: goo.gl/5N4SHV

 

 

 


Livro: “Canto – Equilíbrio entre corpo e som”

Para quem já conhece e gosta dos outros livros da Tutti Baê, não pode deixar de ler o terceiro livro “Canto – Equilíbrio entre corpo e som: Princípios da fisiologia vocal” este com autoria também de Claudia Pacheco,
é um incrível material para professores e alunos que já iniciaram no campo da música e estão em um nível mais avançado.

Nele você vai encontrar informações sobre anatomia e fisiologia da voz, sempre de forma clara e de maneira doce, fazendo a leitura uma aventura deliciosa. O livro conta com um detalhamento de alto nível para o aprimoramento da técnica vocal e a melhor utilização do potencial vocal. Ele ainda acompanha um CD que contém 27 vocalizes e 3 playbacks. É sem dúvida uma ótima opção para você que é interessado e quer ter mais conteúdo de qualidade. Boa leitura!

Resenha:

“Neste livro encontram-se informações sobre anatomia e a fisiologia da voz, o uso do apoio respiratório durante o canto, os ajustes articulatórios, os recursos acústicos oferecidos por nossas caixas de ressonância e alguns temas que sempre geram discussões interessantes, como os diferentes registros vocais e o vibrato. Este terceiro livro de Tutti Baê, em co-autoria com a fonoaudióloga Cláudia Pacheco, é prefaciado pela cantora Jane Duboc, e suas resenhas são de Márcia Menezes (fonoaudióloga) e Beto Paciello (pianista e arranjador). A voz é o instrumento do cantor. Conhecer e entender a anatomia e a fisiologia do nosso mecanismo vocal é fundamental para se formar um sólido alicerce e desenvolver a técnica desejada para uma melhor utilização de seu potencial vocal. O CD que acompanha o livro contém 27 vocalizes e três playbacks.”

Compre nas lojas:

Vitale | Saraiva | Cultura | Amazon


Livro: “Canto uma Expressão – Princípios Básicos de Técnica Vocal”

Você gosta de música? Se interessa sobre técnicas vocais? Tem vontade de aprender um pouco mais sobre canto?

Se alguma das respostas forem sim, você não pode deixar de conhecer e ler o livro “Canto uma Expressão – Princípios Básicos de Técnica Vocal” de Mônica Marsola e Tutti Baê. A experiência dessas duas mulheres traz um material completo, realizado em anos de estudos e com relatos de outros profissionais renomados da área.

Nele você vai encontrar orientações sobre expressão, canto e música sempre com muito cuidado por parte das autoras para que a relação com o leitor seja mais empática e agradável. O livro aborda temas como instrumento vocal, impostação da voz e exercícios que são ilustrados pelo CD com 57 vocalizes que acompanha a obra. Sendo assim, ele é sem dúvida indispensável para estudantes, profissionais e amantes do canto. Vale a pena conferir e se apaixonar por cada pedaço deste incrível livro.

Resenha:

“Este livro orienta estudantes e profissionais do canto sobre os princípios da técnica vocal. Endossado por nomes como Mauro Dias (crítico musical), Sabá (contrabaixista e radialista), Jane Duboc (cantora), Nahor Gomes (trompetista) e prefaciado por Guga Stroeter é uma obra indispensável para os amantes do canto. Mônica Marsola – violonista, formada pela Faculdade de Composição e Regência da UNESP, e cantora profissional – e Tutti Baê – professora de canto e cantora profissional – juntaram a experiência que adquiriram ao longo das respectivas carreiras e elaboraram esta obra única no mercado brasileiro. O livro inclui um CD com 57 vocalizes.”

Compre agora:

Vitale | Livraria Cultura